Trabalho incrível retrata todo o Universo em apenas uma imagem.

Agora você pode conferir tudo que há no universo olhando para apenas uma imagem. Exatamente, a representação criada pelo artista e músico Pablo Carlos Budassi reúne todos os elementos que compõe o cosmos em apenas uma figura. Aqui no Mega Curioso nós gostamos muito do universo e sempre publicamos notícias, teorias, estudos, imagens e qualquer novidade que envolva o tema.

Sobre isso, inclusive, já apresentamos aqui o mapa que lhe dá uma noção melhor sobre o tamanho do Sistema Solar. E o nosso sistema é justamente o ponto central da figura criada por Budassi, que se trata de um mapa logarítmico. Esses mapas permitem reunir áreas enormes em gráficos manejáveis com escala decrescente, na medida em que se move do centro para as bordas. Ou seja, quanto mais próximos do centro da imagem estejam localizados os objetos, maior será a escala em que serão retratados. Assim, mais distante está do nosso Sistema Solar, menor é a área do mapa destinada ao elemento do cosmos em questão.

O artista contou ao site Tech Insider que a ideia de produzir o mapa lhe ocorreu quando ele fazia diversos “hexaflexagonos” para a festa de aniversário do filho. Os “hexaflexagonos” são dobraduras de papel capazes de condensar um grande número de informações em um espaço compacto em função de diversas faces ocultas que possuem.

Assim, Budassi criou uma obra-prima cartográfica, combinando diversos mapas logarítmicos criados por astrônomos da Universidade de Princeton e uma série de imagens geradas por telescópios e sondas da NASA. O resultado ficou incrível e retrata todas as partes conhecidas do universo, iniciando pelo Sol, que é o ponto central da figura, mostrando os planetas e o limite do Sistema Solar. Também é possível ver a forma da Via Láctea e as galáxias próximas, como a Andrômeda.

A partir das primeiras camadas, as áreas vão se estendendo para a imensidão do Universo, com todos os astros, planetas, galáxias e corpos celestes que o compõe até chegar no último estágio. Ali está um anel de plasma quark-glúon que circunda toda a imagem cósmica. Este anel é o conjunto de partículas que surgiu primeiro a partir do Big Bang. Confira a imagem em alta resolução clicando aqui.

Fonte: http://www.megacurioso.com.br/

Acesse nosso Facebook – https://www.facebook.com/UniversoGenial?ref=hl

Acesse nosso Twitter – https://twitter.com/universo_genial

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s