Exoplaneta vizinho pode ter oceanos.

De acordo com um estudo do Centro Nacional de Pesquisa Científica (CNRS) da França, um planeta rochoso descoberto na zona habitável de sua estrela – a mais próxima do nosso sol – pode ter oceanos. A equipe de astrofísicos calculou o tamanho da sua superfície e suas possíveis propriedades, concluindo que o exoplaneta Próxima b pode ter mares semelhantes aos da Terra.

Proxima b foi descoberto em agosto. O planeta orbita dentro de uma zona temperada de sua estrela, Proxima Centauri, a quatro anos-luz de nós. Estima-se que ele tenha uma massa de cerca de 1,3 vezes a da Terra e orbite a cerca de 7,5 milhões de quilômetros de sua estrela-mãe, o que seria um décimo da distância do planeta mais próximo do sol, Mercúrio. Ao contrário do que se poderia esperar, no entanto, tal proximidade não significa necessariamente que a superfície de Proxima b é muito quente para a água existir na forma líquida, porque Proxima Centauri é menor que o sol, e mil vezes mais fraca do que nosso astro-rei, o que faz com que a extensão de Proxima b da sua estrela seja a ideal para ele ser potencialmente habitável.

O tamanho de exoplanetas (planeta fora do nosso sistema solar) é geralmente calculado medindo a quantidade de luz que eles bloqueiam quando passam em frente da sua estrela hospedeira. Por enquanto, nenhum trânsito de Proxima b foi observado, porém. Assim, a equipe teve que confiar em simulações para estimar a composição e o raio do planeta. Eles calcularam que o raio do planeta é de 0,94 a 1,4 vezes o da Terra, o que seria 6.371 quilômetros, em média.

Assumindo um raio mínimo de 5.990 km, o planeta seria muito denso, com um núcleo metálico que compõem dois terços da massa do planeta, cercado por um manto rochoso.

Se houver água em sua superfície, ela não iria contribuir com mais de 0,05% da massa total do planeta, o que é similar à Terra, onde a agua representa cerca de 0,02%. No cenário de um planeta maior, com um raio de 8.920 km, a massa de Proxima b seria formada entre 50% de um centro rochoso e 50% de água circundante.

Neste caso, Proxima b seria coberto por um único oceano líquido, com 200 km de profundidade. Em ambos os casos, uma atmosfera fina gasosa poderia cercar o planeta, como na Terra, tornando Proxima b potencialmente habitável.

Acesse nosso Facebook – https://www.facebook.com/UniversoGenial?ref=hl

Acesse nosso Twitter – https://twitter.com/universo_genial

Acesse nosso Google+ – https://plus.google.com/10760548481248821010

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s