Cinco planetas do Sistema Solar voltam a se alinhar e ficar visíveis no céu.

Caso você não saiba, dos oito planetas que (de momento) compõem (oficialmente) o Sistema Solar, cinco deles — Mercúrio, Vênus,Marte, Júpiter e Saturno — podem ser observados aqui da Terra sem a ajuda de telescópios. Só que, devido a suas órbitas, nem sempre eles podem ser vistos ao mesmo tempo no céu noturno.

Entretanto, às vezes acontece de o quinteto “se reunir” para brindar os terráqueos com um espetáculo celeste, como aconteceu em fevereiro deste ano. E se você perdeu a oportunidade de observar os cinco planetas alinhados no início do ano, se prepare, pois entre o final de julho e o mês de agosto, os nossos vizinhos farão um novo desfile no céu. Começando agora no finalzinho de julho — mais precisamente, a partir do dia 31 —, os cinco planetas voltarão a ficar visíveis, e o melhor é que, ao contrário do que ocorreu no início do ano, quando eles só podiam ser avistados um pouco antes do alvorecer.

Nossos vizinhos começarão a dar o ar de sua graça também ao entardecer. Aliás, quem mora no Hemisfério Sul terá o privilégio de ver o alinhamento com maior clareza do que quem mora no Norte.

O auge do espetáculo deve ocorrer por volta do dia 15 de agosto — anote na agenda! —, e, assim como aconteceu no alinhamento do início do ano, Mercúrio será o planetinha mais difícil de se identificar, por ficar mais próximo à linha do horizonte. Portanto, é recomendado que você tenha um par de binóculos simples à mão para fazer esse primeiro reconhecimento.

Seguindo o sentido leste-oeste, após encontrar Mercúrio, como os outros planetas estarão dentro de um plano de apenas 75 graus em meados de agosto, será mais fácil identificar todos eles. Voltando a Mercúrio, ele estará brilhando com uma magnitude +0,7, o que não é muito, já que, quanto mais positiva é a magnitude, menos brilhante é o astro, e vice-versa. Ao lado dele, você também poderá ver a estrela Régulo — a mais brilhante da constelação de Leão.

Logo abaixo desse planetinha, será possível ver o planeta Vênus — que estará cintilando com uma magnitude -3,9 — e, acima de Mercúrio, você poderá ver Júpiter (com magnitude -1,7). Em seguida, estará a nossa brilhante Lua e, depois dela, o planeta Marte (com magnitude -0,7, na constelação de Libra) seguido de Saturno (com magnitude +0,3, na constelação de Ofiúco).

O alinhamento poderá ser visto até o final do mês de agosto e, para fechar o espetáculo, entre os dias 27 e 28 Júpiter e Vênus ficarão bem próximos, chegando a manter uma distância equivalente a apenas 4 arco-minutos — ou cerca de 1/8 do diâmetro angular da Lua — um do outro, aproximadamente. Lembrando que, para poder observar os astros em todo o seu esplendor, o ideal é que você fuja das cidades e procure um local livre de poluição luminosa!

Acesse nosso Facebook – https://www.facebook.com/UniversoGenial?ref=hl

Acesse nosso Twitter – https://twitter.com/universo_genial

Acesse nosso Google+ – https://plus.google.com/10760548481248821010

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s