Astrônomos acreditam em 2 planetas perdidos nos confins do Sistema Solar.

Você está cansado de a vizinhança da Terra ter só 7 outros planetas (#VoltaPlutão)? Ficou animado com as últimas notícias sobre um possível Planeta Nove? Então pode aumentar suas expectativas: de acordo com os astrônomos, é bem provável que a borda do Sistema Solar reserve pelo menos 2 planetas ainda desconhecidos! (Participe da nossa enquete logo abaixo).

Tudo começou em janeiro, quando os cientistas divulgaram dados sobre o Planeta Nove: ele ficaria em um lugar além de Netuno, teria uma massa 10 vezes maior do que a da Terra e uma órbita bem irregular ao redor do Sol, que duraria entre 10 mil e 20 mil anos para ser completada. As evidências que sustentam essas afirmações, de acordo com pesquisadores do Instituto Tecnológico da Califórnia (Caltech), estariam no movimento incomum de seis grandes objetos celestes no Cinturão de Kuiper, que fica além de Netuno. Esses movimentos seriam influenciados pelo tal Planeta Nove.

Agora, para nós, leigos, que ficamos órfãos de Plutão, não nos custa nada sonhar, não é mesmo? Pensando nisso, criamos uma enquete com sugestões de nomes de deuses gregos e romanos para dar a esses dois novos planetas. Qual você acha que deveria ser o escolhido?

Entretanto, o que muda agora é que os cientistas da Caltech refizeram os cálculos dos objetos com movimentos errantes e chegaram à conclusão de que apenas um planeta não seria suficiente para influenciar essas órbitas irregulares: seriam necessários outros grandes planetas trabalhando em “conjunto” para fazer com que os objetos analisados não “escapassem” do Sistema Solar.

Isso acontece porque a atração gravitacional exercida sobre os objetos pelo possível Planeta Nove criaria órbitas tão irregulares que, eventualmente, acabariam expelindo esses corpos para o espaço sideral. Ao menos três desses objetos errantes poderiam “fugir” do Sistema Solar em menos 300 milhões de anos, segundo os especialistas – uma idade ínfima perto da imensidão da existência.

Mike Brown, cientista que fez as descobertas iniciais que indicavam a existência do Planeta Nove, é bastante cético sobre as alterações em seus dados. “Eu acho que é muito cedo para começar a especular sobre um segundo planeta, mas, em geral, estou confuso com os resultados”, ponderou Brown.

Desde que as possibilidades do Planeta Nove vieram à tona, muito se especulou sobre sua consistência e os motivos de ele estar “escondido” até agora – tem gente que acredita que ele pode ter vindo de outros lugares do Universo e encontrado a vizinhança perfeita lá na periferia do Sistema Solar.

A NASA, entretanto, tem se mantido bastante conservadora sobre o assunto. “A possibilidade de um novo planeta é certamente empolgante para mim como cientista planetário. Isso não é, no entanto, a detecção ou a descoberta de um novo planeta – o que estamos vendo é uma previsão antecipada com base em modelos a partir de observações limitadas, mas é o início de um processo que poderia levar a um resultado emocionante”, descreveu Jim Green, da divisão de ciência planetária da agência espacial norte-americana.

Fonte: http://www.megacurioso.com.br/

Acesse nosso Facebook – https://www.facebook.com/UniversoGenial?ref=hl

Acesse nosso Twitter – https://twitter.com/universo_genial

Acesse nosso Google+ – https://plus.google.com/10760548481248821010

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s