Hélio-3 – A energia do futuro?

A partir de considerações puramente físicas, conclui-se que qualquer civilização no espaço cósmico dependerá de três principais fontes de energia: De seu planeta, sua estrela e sua galáxia, que correspondem a civilizações tipo I, II e III. A produção e energia de cada tipo de civilização é aproximadamente 10 bilhões de vezes maior que a do anterior. Na escala cósmica somos uma civilização tipo zero.

Há várias formas de recursos de energia disponíveis como no fundo do mar e nos ventos superiores, mas somos ainda como bebês, extraindo boa parte da nossa energia de plantas mortas (combustíveis fósseis), e engatinhando no aproveitamento da energia dos raios solares e dos ventos que incidem na superfície do nosso planeta. Só com a utilização dos ventos que sopram a 100 km de altura, seria possível suprir 6 vezes mais a energia consumida no mundo todo hoje, sem ter que queimar uma gota de petróleo.  

Alguns cientistas dizem que o combustível do futuro será um gás chamado hélio-3, e será a fonte de combustível perfeita: é extremamente potente, não é contaminante e não tem subprodutos radioativos, ou seja, poderia ser usado como combustível em futuras centrais elétricas nucleares, sem deixar qualquer resíduo tóxico.

Pra se ter uma ideia, o hélio-3 fornece um milhão de vezes mais energia do que o carvão, sem poluir o meio ambiente. O problema é que o Hélio-3 é um gás raríssimo no planeta, e só produzimos 20 quilos de hélio-3 por ano, mas ele existe em abundância em outros astros, como na Lua por exemplo. Com as tecnologias disponíveis, o hélio-3 seria o único recurso cujo custo-benefício de sua extração na Lua valeria a pena, pois teríamos que transportar o gás aos poucos da Lua para a Terra (Atualmente, nem o ouro vale os custos envolvidos). O Hélio-3 poderia ser uma nova “corrida do ouro” à Lua. Seu valor seria hoje de $4 bilhões/tonelada se comparado ao petróleo.

A coisa funciona mais ou menos assim: Através de ventos solares, fluxos de partículas carregadas de hélio-3 emitidos pelo sol vão chegando à Lua, se depositando e se acumulando no solo através de milhões e milhões de anos, enquanto os bombardeios dos meteoritos vão dispersando as partículas sobre a superfície lunar. Com base em nosso atual consumo de energia, cerca de apenas 100 toneladas de hélio-3 seriam suficientes para gerar energia para a Terra inteira por um ano.

A Lua tem tanto hélio-3, que se algum dia a humanidade conseguisse trazer e utilizar como fonte de energia, teria o suficiente para abastecer a Terra durante 10 mil anos. A fusão do Hélio 3 é igualmente ideal para prover a energia das naves espaciais e para as viagens interestelares, e oferece o mais alto desempenho do poder de fusão.

O equivalente de uma carga simples de UMA nave espacial, que é de aproximadamente 25 toneladas, poderia prover toda a energia que o Brasil precisa durante CINCO anos.Somente em Mar da Tranquilidade (região lunar onde pousaram o módulo lunar Eagle e a sonda Surveyor 5) há gás em suspensão suficiente para abastecer a Terra por centenas de anos, e no planeta Urano tem hélio-3 suficiente para abastecer a Terra durante 4 milhões de anos.

O problema até agora é a sua extração, pois o processo de mineração consiste no aquecimento do solo lunar a cerca de 700º C. A essa temperatura, o hélio-3 escaparia das rochas e poderia então ser coletado. A NASA anunciou que até 2020 estabelecerá uma base internacional na Lua para permitir a chegada de astronautas e logo após uma colônia permanente, e o governo chinês anunciou oficialmente a sua intenção de enviar uma nave tripulada à Lua. Porque será? E de pensar que há apenas 100 anos ainda obtínhamos nossa energia da queima de madeira e carvão, e qualquer discussão sobre fontes extraterrestres de energia teria sido considerada loucura.

Acesse nosso Facebook – https://www.facebook.com/UniversoGenial?ref=hl

Acesse nosso Twitter – https://twitter.com/universo_genial

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s