Porque você deve assistir o filme Perdido em Marte.

Quase não assisto filmes no cinema para evitar de me irritar com aqueles elementos inconvenientes que você conhece: insistem em tagarelar, ou ficam todas as três horas do filme farfalhando o plástico do saquinho de meio quilo Confetti. Mas no caso do filme Perdido em Marte o silêncio era absoluto. Nem sequer um pio, nem sequer uma tela de celular ligada. Essa nossa crítica não pretende ter spoilers, mas se tiver, será bem de leve.

Foi o melhor filme de ficção científica hard (fiel a ciência) que já assisti (desculpe, 2001). A pesquisa de Andy Weir, o autor do livro em que o filme se baseia, é muito extensa. Ele deve abordar todo aspecto da complexidade que seria levar humanos a Marte.  O que você faz quando tem que passar praticamente dois anos em um ambiente que joga tudo pra cima de você com intuito de te matar enquanto você tem apenas 300 dias de alimento? Improvisa PRA CARAMBA, com muita ciência. As performances de todo o elenco são memoráveis mas Matt Damon carrega nas costa praticamente o filme todo no papel de Mark Watney, um astronauta, botanista e engenheiro que acidentalmente é deixado para trás em Marte.

A maior parte do filme é apenas com o Matt Damon no estilo Náufrago do espaço, o que é um grande risco para um filme de grande orçamento, mas que certamente vai valer a pena na bilheteria.

Apesar do filme ter partes bem técnicas ele nunca trata o expectador como idiota explicando cada detalhe ou narrando absolutamente tudo. Pelo contrário grande parte do filme é apenas Matt Damon e silêncio. Mas durante este silêncio você certamente estará raciocinando com o personagem para ajudá-lo a sair das enrascadas em que Marte o enfia.

Você acaba comemorando as pequenas vitórias junto com Mark e se emocionando com suas conquistas, principalmente no ápice do filme quando ele voa como o Homem de Ferro… no espaço!

Por ser um filme fiel a ciência em sua maior parte ele pode ser usado como ferramenta de ensino nas escolas sobre viagem interplanetária, atmosfera, astrofísica, botânica, engenharia, etc. Estou louco para assistir novamente com meu filho que ainda está no fundamental.

Livro Perdido em Marte

A fidelidade do filme ao livro me impressionou.

Cerca de uma semana atrás eu terminei o livro Perdido em Marte. E fiquei triste de não poder mais acompanhar Mark tentando desesperadamente sobreviver em um lugar incrivelmente inóspito.

Filmes e livros são duas mídias totalmente diferentes e naturalmente não há como comparar se o filme Perdido em Marte é melhor que o livro. O que posso dizer é que o livro certamente é muito mais engraçado. O Mark Watney do livro é tão hilário que me arrancou um sorriso ou simplesmente me fez rir alto ao menos uma vez por página. O tom do filme é um pouco mais sério para poder sustentar o suspense, mas Mark tem várias tiradas divertidas na telona também.

Muitos dos problemas potencialmente fatais em que Mark se mete no livro não aparecem no filme, estou esperando o Blu Ray para ver quais cenas deletaram. No entanto o filme é surpreendentemente fiel ao livro em muitos aspectos, até mesmo nas falas dos personagens. Em poucas cenas foi incluído drama adicional que não existe no livro, mas nada implausível.

O livro é obviamente muito mais detalhado e ensina muito mais ciência do que o filme. Assim como você vai adorar assistir o filme, vai gostar mais ainda de ler o livro, que está disponível até mesmo em formado digital Kindle.

Fonte: http://hypescience.com/

Acesse nosso Facebook – https://www.facebook.com/UniversoGenial?ref=hl

Acesse nosso Twitter – https://twitter.com/universo_genial

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s