Assista ao vivo nosso primeiro pouso em um cometa a 500 milhões de km de distância!

A separação foi efetuada com sucesso! e foi uma grande comemoração. A Philae lander já separou-se de Rosetta. Ela começou sua descida histórica ao cometa e lançará seus arpões para se fixar no cometa nas próximas horas (13h35min). Continue ligado. Cometas são como cápsulas do tempo que acumulam informações preciosas sobre o sistema solar, a água em nosso planeta e, talvez as origens da vida como conhecemos.

É por isso que esta missão espacial especial deve prender a atenção do mundo inteiro. Chegou ao clímax da missão lançada ao espaço a mais de 10 anos, uma corrida de mais de 6 bilhões de km pelo Sistema Solar, na caça de um cometa. A sonda espacial Rosetta, viajando a 65 mil km/h, está para lançar a sonda Philae (assista cima ao vivo) em direção ao cometa 67P/Churyumov-Gerasimenko às 6h35min (horário de Brasília), e o mesmo pousará na superfície do cometa sete horas depois, às 13h35min.

É a primeira vez que a composição de um cometa será analisada no próprio núcleo do cometa, até agora as análises foram todas indiretas, seja pela análise da coma, seja pelo lançamento da sonda de impacto Deep Impact (que atingiu o cometa Tempel 1) e análise do material levantado no impacto.

Logo depois do impacto do Philae no núcleo do cometa, na área de pouso conhecida como Agilkia, novo nome para o “local J”, dois arpões foram lançados para ancorar o Philae, já que a gravidade do cometa é muito baixa. Além dos arpões, cada um dos pés tem uma broca com a finalidade de ajudar a fixar a sonda ao cometa.

Já descobrimos que o cometa, além de ter dunas como aqui na Terra, é intensamente fedorento. Mas nos próximos meses, o Philae vai conduzir exames da composição elemental, isotópica, molecular e mineralógica. Além disso, o Philae pretende estudar o comportamento do cometa à medida que se aproxima do periélio, o ponto mais próximo ao Sol da órbita do cometa. As informações serão repassadas à espaçonave Rosetta, que continuará acompanhando o cometa, e vai repassar a comunicação do Philae para a Terra. A missão da espaçonave Rosetta e da sonda Philae vão perdurar até dezembro de 2015, quando o cometa já estará a caminho do espaço profundo novamente.

Fonte: http://hypescience.com/

Acesse nosso Facebook – https://www.facebook.com/UniversoGenial?ref=hl

Acesse nosso Twitter – https://twitter.com/universo_genial

Acesse nosso Google+ – https://plus.google.com/10760548481248821010

Anúncios

2 comentários em “Assista ao vivo nosso primeiro pouso em um cometa a 500 milhões de km de distância!

  1. Acho muito interessante e aprecio todo o trabalho de investigação que este tipo de ações envolve…. apenas gostaria de perceber melhor o que se espera com estas experiências….

    Curtido por 1 pessoa

    • Oi “estrelinha” obrigado pelo comentário! Então, a missão Rosetta tem o objetivo de estudar nada menos que os possíveis fundamentos da vida. O cometa 67P/Churyumov-Gerasimenko orbita em torno do Sol e preserva elementos relativos aos primeiros sopros de vida do Universo. Está será a primeira vez que materiais do início dos tempos poderão ser estudados. O módulo Philae irá estudar a composição gasosa, mineral e também o gelo presente enquanto estiver preso à superfície do astro.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s