Telescópio da Nasa capta melhor imagem de um buraco negro já vista.

O telescópio NuSTAR, da Nasa, capturou o efeito de uma fonte compacta de raios-X conhecida como corona, ao ser atraída para o buraco negro — um fenômeno raramente captado e nunca estudado tão detalhadamente. Parte da luz que cai em buracos negros supermassivos nunca é vista novamente, mas outra parte da luz de alta energia vem da corona e de um disco de material superaquecido que o rodeia.

Os cientistas não sabem a forma ou a temperatura das coronas — embora artistas tenham produzido esboços de como as formações poderiam parecer — mas sabem que elas contêm partículas que se movem a velocidades próximas à da luz. A luz que irradia da corona iluminou a parte do buraco negro que os cientistas estavam estudando, o que a Nasa descreve como “se uma tocha tivesse brilhado sobre o local exato” em que eles estavam olhando. O buraco negro em questão é conhecido como Markarian 335, a cerca de 324 milhões de anos-luz da Terra. A massa de cerca de 10 milhões de nossos sóis é embalada em um espaço apenas 30 vezes maior.

Fonte: http://oglobo.globo.com/

Acesse nosso Facebook – https://www.facebook.com/UniversoGenial?ref=hl

Acesse nosso Twitter – https://twitter.com/universo_genial

Acesse nosso Google+ – https://plus.google.com/10760548481248821010

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s