As estrelas do cinturão de Órion.

As Estrelas do Cinturão de Órion, Mintaka, Alnilam, Alnitak popularmente conhecidas como as Três Marias, são algumas das estrelas mais famosas do céu noturno que encantam pela sua formação e brilho. Elas também formam uma das constelações mais conhecidas e fáceis de encontrar por estarem alinhadas, o Cinturão de Órion. Grandes civilizações como os babilônios, egípcios e gregos tiveram histórias diferentes para essas estrelas que conhecemos por as três marias.

orionc

Na Grécia, a constelação é conhecida como a do herói grego Órion o caçador que foi morto por um escorpião. No antigo Egito, o Cinturão de Órion era conhecido como o símbolo do Deus-faraó Osiris. O Cinturão de Órion consiste de três estrelas motivo pelo qual lhe rende o nome de Três Marias no Brasil, Espanha e Portugal. Os nomes das estrelas são Mintaka, Alnilam, e Alnitak. Cada um dos nomes das estrelas vem do árabe. Mintaka significa cinto, Alnilam significa “um cinto de pérolas”, e Alnitak significa “O Cinto”. Os cientistas acreditam que as três estrelas foram formadas numa época próxima em que uma das nebulosas encontradas na constelação de Órion. Então, vamos saber mais sobre essas belas estrelas.

Mintaka – Delta Órionis

mintaka-cinturao-orion-tres-marias

Mintaka é uma estrela super gigante azul. Fica a 690 anos-luz da Terra e é a estrela mais ocidental no cinturão de Órion a partir de nosso ponto de vista na Terra. A estrela é 10 mil vezes mais brilhante que o nosso Sol e tem uma temperatura de superfície realmente escaldante cerca de 60 mil graus Celsius. Sua massa é 20 vezes maior que a do sol e seu raio é de 15,8 R_{\odot}.

Medições de velocidade radial feitas por Henri-Alexandre Deslandres no Observatório de Paris mostraram que Mintaka tinha uma velocidade radial variável e, portanto, era um sistema binário espectroscópico.

Alnilam – Epsilon Órionis

alnilam-cinturao-orion-tres-marias-150x150

Alnilam é a estrela central do Cinturão de Órion. A estrela também é uma gigante azul. Ele está a cerca 1.300 anos-luz da Terra. Alnilam é a mais brilhante das estrelas do cinturão de Órion sendo aproximadamente vinte mil vezes mais brilhante do que o nosso sol. a estrela tem uma massa similar à de suas companheiras de 20 M_{\odot}. A temperatura da superfície é a mais amena das três marias por volta de 50.000 graus Celsius.

O espectro relativamente simples de Alnilam a tornou útil para estudar o meio interestelar. Dentro dos próximos milhões de anos, esta estrela pode se transformar em uma super gigante vermelha e explodir como uma supernova. Ela é cercada por uma nuvem molecular, NGC 1990, que se ilumina para fazer uma nebulosa de reflexão. Seus ventos estelares podem atingir até 2000 km/s, fazendo-a perder massa cerca de 20 milhões de vezes mais rápido do que o sol.

Alnitak – Zeta Órionis

alnitak-cinturao-orion-tres-marias-foto-real-150x150

A terceira estrela, Alnitak é a mais fraca das três marias, mesmo que tenha a mesma massa e temperatura de superfície de Mintaka, ela é apenas 7.000 vezes mais brilhante que o sol. Alnitak está a 736 anos-luz de distância da Terra.

Alnitak é um sistema estelar triplo, composto por Alnitak A que forma um sistema binário com Alnitak Aa (a super gigante azul, com uma magnitude absoluta de -5,25 e uma magnitude aparente de 2,0) e Alnitak Ab (um anão azul, com uma magnitude absoluta de cerca de -3,0 e uma magnitude aparente de cerca de 4), Uma quarta estrela, de magnitude 9 Alnitak C, não foi confirmada como sendo parte do grupo Aa-Ab-B, e pode simplesmente se encontrar ao longo da linha de visão.

Curiosidades sobre o Cinturão de Órion e as Nebulosas de Órion.

Um fato interessante sobre estrelas do cinturão de Órion é que eles não são estrelas isoladas, mas sistemas de estrelas. Estrelas super gigantes como estrelas do cinturão de Órion, tendem a ter irmãs que orbitam um centro gravitacional em comum. Este é o caso de Mintaka e Alnilam.

Isso mostra como a percepção da Terra não é totalmente precisa. Outro fato importante é que a constelação de Órion tem um sistema muito famoso de nebulosas. Uma das mais famosas é a Nebulosa Cabeça de Cavalo.

Existe uma superstição que diz que apontar um dedo para as Três Marias faz com que uma (ou três, dependendo da versão) verrugas nasçam no dedo.

Fonte: http://cienciasetecnologia.com

Acesse nosso Facebook – https://www.facebook.com/UniversoGenial?ref=hl

Acesse nosso Twitter – https://twitter.com/universo_genial

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s