Mais de 1000 exoplanetas são observados.

O número de exoplanetas observados – passou 1000. Destes, 12 poderiam ser habitáveis – orbitando à uma distância em que não é “muito quente” ou “muito frio” para a água ser líquida sobre a superfície.  A contagem agora é de 1.010 novos exoplanetas, sustentados por 11 novas descobertas do projeto Wide Angle Search for Planets ( Wasp ). Abel Mendez do Laboratório de Habitabilidade Planetária da Universidade de Puerto Rico, disse que, embora o número tenha aumentado rapidamente nos últimos anos, devido à falta de financiamento este valor é muito inferior ao que poderia ser. “Nós temos mais técnicas e tecnologia comprovadas para detectar mais exoplanetas, mas o limite são os telescópios, especialmente telescópios espaciais.”

353921main_image_1377_full

“Se tivéssemos mais recursos haveria mais telescópios e a contagem seria muito maior até agora.” O telescópio espacial Kepler, que viu muitos desses mundos nos últimos anos, quebrou no início deste ano. Em janeiro de 2013, os astrônomos usaram dados do Kepler para estimar que poderia haver pelo menos 17 bilhões de exoplanetas do tamanho da Terra na Via Láctea. Eles disseram que uma em cada seis estrelas podem hospedar um planeta do tamanho da Terra em órbita próxima.O número de planetas confirmados freqüentemente aumenta porque, como os cientistas analisam os dados, e são capazes publicar seus resultados on-line imediatamente. Mas, como os achados ainda não são avaliados por pares, o valor total continua sujeito a mudanças.

Este catálogo exoplaneta é organizado por Jean Schneider, astrônomo do Observatório de Paris. Nos últimos 18 anos ele tem catalogado novos exoplanetas na Extrasolar Planets Encyclopaedia. Outros profissionais da área, como Prof Mendez, são, então, capaz de analisar e comentar os resultados, o que torna isso “mais dinâmico”, explicou.

“É por isso que os outros catálogos apenas ficam para trás. A revisão é confiável, pois é exatamente a mesma coisa que as revistas fazem.”

A Nasa só aceita aqueles divulgados em uma revista acadêmica, de modo que atualiza sua lista muito menos freqüência. Seu registro está atualmente em 919 mundos confirmados.

Jean Schneider disse que também é importante notar que “não havia consenso para a definição de um planeta” e que experiências passadas mostraram que alguns objetos declarados como planetas eram, na verdade, artefatos ou estrelas de baixa massa.

“Alguns objetos, como alguns planetas Kepler, são declarados ‘Planetas confirmados’, mas não foram publicados em artigos. Isso não significa que eles não serão publicados mais tarde, mas introduz outra imprecisão na contagem”,  completa ele.

Mesmo que houvesse uma definição geralmente adotada, o Sr. Schneider disse que para alguns objetos “existe uma grande incerteza sobre os parâmetros, de modo que a natureza planetária do objeto é incerta”.

Para o professor Mendez atingir 1000 exoplanetas descobertos, é um marco importante na busca de entender a história da evolução do cosmos.

Fonte: http://cienciasetecnologia.com

Acesse nosso Facebook – https://www.facebook.com/UniversoGenial?ref=hl

Acesse nosso Twitter – https://twitter.com/universo_genial

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s