Interior da lua Titã pode ser uma bizarra mistura de rocha e gelo.

Novas descobertas sugerem que Titã possui um interior extremamente bizarro, não sendo separado por camadas distintas, como crosta, manto e núcleo.  Pesquisas anteriores sugeriram que Titã tem um oceano escondido sob suas crosta exterior gelada de 50 a 200 km de espessura. Os cientistas pretendem explorar este oceano subterrâneo na esperança de encontrar vida extraterrestre, uma vez que praticamente onde quer que haja água na Terra, há vida. Para saber mais sobre a crosta gelada de Titã, o cientista planetário Doug Hemingway, da Universidade da Califórnia, analisou scans do campo gravitacional de Titã feitos pela sonda Cassini.

Interior-de-Titã

A força de atração gravitacional exercida em uma superfície depende da quantidade de massa por baixo. Quanto mais forte for a atração, maior é a massa. Os pesquisadores então compararam esses resultados com a estrutura da superfície de Titã. Eles esperavam que as regiões de elevada altitude teriam uma forte atração gravitacional, uma vez que se poderia supor que elas tivessem mais massa por debaixo, e que regiões mais baixas uma atração menor. O que os eles descobriram os chocou. As regiões de alta altitude em Titã têm uma força gravitacional mais fraca.

“Foi muito surpreendente,” Hemingway disse. “Assumimos a princípio que tínhamos feito coisas erradas, mas depois ficamos sem opções. Os dados estavam todos corretos.” Para explicar essas anomalias, Hemingway imagina que as montanhas de Titã tenham raízes. “É como um iceberg, cuja maior parte está submersa na água”, disse ele .

O gelo tem uma densidade inferior à da água – um pedaço de gelo pesa menos do que um volume similar de água. Estas áreas de alta elevação em Titã, aparentemente, têm raízes grandes o suficiente para deslocar uma grande quantidade de água sob elas, o que significa que elas exercem uma força gravitacional mais fraca.

Isso significa que a superfície Titã é geologicamente menos ativa do que o imaginado. Uma implicação destas novas descobertas diz respeito à possibilidade ou não do interior de Titã ser separado por camadas distintas. Pode-se suspeitar que a lua é uma bolha gigante de matéria que não é formada de camadas distintas, como seria de esperar de um corpo tão grande. Por exemplo, a Terra é separada em uma crosta, manto e núcleo, e mesmo os grandes asteroides como o Vesta parecem ter interiores divididos em várias camadas.

“Talvez Titã seja uma mistura de gelo e rocha em todo seu interior, e é somente perto de sua superfície que a rocha e gelo/água se separam”, disse Hemingway.

Fonte: http://misteriosdomundo.com

Acesse nosso Facebook – https://www.facebook.com/UniversoGenial?ref=hl

Acesse nosso Twitter – https://twitter.com/universo_genial

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s