O que é a matéria estranha?

A matéria estranha, como os cientistas a chamam, é sem dúvida estranha. É diferente de qualquer matéria da Terra. Por um lado, é mais pesada do que a matéria comum que conhecemos, mas isso é apenas o começo. Nossa amada e familiar matéria é organizada. Ela é feita de átomos, que contêm núcleos embalados com prótons e nêutrons. De fato, nossos quarks, que são partículas básicas, estão arrumados dentro dos prótons e nêutrons. Mas, na matéria estranha, não há limites, é apenas um local onde os quarks correm livremente, vagando de cima para baixo e de ponta a ponta. É importante dizer que não sabemos se a matéria estranha existe em qualquer lugar do universo. Isso é um detalhe importante.

Físicos surgiram com a ideia da matéria estranha na década de 1970, quando se perguntaram o que aconteceria se os prótons e nêutrons fossem duramente esmagados. Vamos repetir uma versão semelhante a um experimento teórico, imaginando que temos um átomo de ferro, além de um pistão capaz de esmagá-lo com uma força enorme. Ao comprimir o núcleo do átomo de ferro, acrescentamos energia a seus 26 prótons e 30 nêutrons. Se pressionarmos bastante, os prótons e nêutrons vão colapsar no que eles são feitos: partículas menores chamadas quarks.

Temos então uma confusão de quarks – os tipos de quarks chamados “up” e “down” são os mais comuns. Espremendo-os, eles quarks mudam suas identidades. Alguns vão ficar muito mais pesados e se tornam strange quarks (quarks estranhos). Quando quarks strange se combinam com quarks “up” e “down” em números iguais, a partícula resultante chama-se strangelet, que forma a matéria estranha.

A matéria estranha, teoricamente, é capaz de transformar a matéria comum em strangelets. Em outras palavras, tudo o que um strangelet toca (exceto um buraco negro), é transformado em novos strangelets, gerando um cataclísmico efeito cascata capaz de transformar um corpo celeste inteiro em matéria estranha, que o deixaria semelhante a um pudim. [As 10 melhores formas de destruir a Terra]

A matéria estranha está na Terra agora? Os físicos já consideraram. Eles já experimentaram diversos elementos e não encontraram nada. Eles consideraram a possibilidade da criação de matéria estranha em aceleradores de partículas como o LHC, uma vez que poderia colidir núcleos atômicos com força suficiente para derrubar os quarks para fora dos átomos e, potencialmente, converter alguns deles em quarks estranhos. Mas os físicos descobriram que os aceleradores de partículas criam tanto calor que eles iriam derreter potenciais strangelets. A probabilidade da criação de matéria estranha em um acelerador de partículas seria tão baixa como fazer um cubo de gelo em um forno.

Os físicos também se perguntaram se a matéria estranha pode existir no espaço. Alguns acreditam que strangelets podem ter sido criados no início do universo, mas a maioria acredita que a incrível pressão em estrelas de nêutrons pode criar a matéria estranha.

No núcleo desses corpos, você tem densidades e pressões grandes o suficiente para formar a matéria estranha. Se a matéria estranha é formada no núcleo, ela iria comer tudo no seu caminho para fora e consumir a estrela. Debaixo de sua crosta, a estrela de nêutrons pode ser  um pedaço de matéria estranha, ou uma estrela estranha. Se duas estrelas estranhas colidirem, elas poderiam enviar matéria estranha no espaço, no qual parte dela poderia vir em direção à Terra.

Como já dito, os físicos não têm certeza se a matéria estranha de fato existe. Além do mais, se a presença da matéria estranha em grandes quantidades for provada, o fato pode ter um efeito profundo sobre as teorias relativas e se o universo é suficientemente denso ou não para, eventualmente, colapsar sob o seu próprio através da gravidade.

Fonte: http://www.dihitt.com

Acesse nosso Facebook – https://www.facebook.com/UniversoGenial?ref=hl

Acesse nosso Twitter – https://twitter.com/universo_genial

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s