Cientistas criam arma que dispara antimatéria.

Uma equipe internacional de físicos que trabalha na Universidade de Michigan (EUA) construiu recentemente uma “arma de antimatéria”, capaz de despejar rajadas de pósitrons. Pósitrons são antipartículas (ou partículas idênticas opostas) de elétrons. Além de ser criadas em laboratórios de física, elas também são encontradas em jatos emitidos por buracos negros e pulsares.particleacce

Até à data, a criação de pósitrons para estudo precisou de máquinas muito grandes e caras, como o acelerador de partículas Grande Colisor de Hádrons do laboratório CERN. Outro exemplo é um dispositivo construído por cientistas do Laboratório Nacional Lawrence Livermore, que criou pósitrons disparando um laser extremamente poderoso em um minúsculo disco de ouro. Outro trabalho recente de pesquisadores da Universidade do Texas (EUA) envolveu a construção de um acelerador do tamanho de um desktop.

A nova pesquisa baseou-se nesses resultados anteriores para construir um dispositivo de não mais que um metro de comprimento capaz de gerar rajadas de ambos elétrons e pósitrons de forma muito semelhante a que é emitida por buracos negros e pulsares.

Para conseguir essa façanha, a equipe disparou um laser potente (petawatt) em uma amostra de gás hélio inerte. Isso causou a criação de um fluxo de elétrons que se move a uma velocidade muito alta. Esses elétrons foram direcionados para uma folha muito fina de metal que os levou a colidir com átomos de metais individuais. Estas colisões resultaram em uma corrente de emissões de elétrons e pósitrons, que foram separadas utilizando magnetos.

Os pesquisadores relatam que cada rajada de sua arma dura apenas 30 femtosegundos, mas cada disparo resulta na produção de quatrilhões de pósitrons – um nível de densidade comparável ao que é produzido no CERN.

Os cientistas sugerem que o dispositivo poderia ser usado para imitar os jato de buracos negros e/ou pulsares, oferecendo algumas respostas a perguntas tais como: que tipo de proporção de partículas estão presentes em tais correntes, a quantidade de energia que há nessas emissões, e de que forma as partículas interagem com o ambiente em que são despejadas.

Fonte: http://hypescience.com

Acesse nosso Facebook – https://www.facebook.com/UniversoGenial?ref=hl

Acesse nosso Twitter – https://twitter.com/universo_genial

Anúncios

2 comentários em “Cientistas criam arma que dispara antimatéria.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s