A neve metálica de Vênus.

Algumas das características mais majestosas da Terra são suas montanhas cobertas de neve, altas o suficiente para que possam esculpir sistemas climáticos espetaculares. Mas as montanhas da Terra não são únicas. Montanhas em Vênus também estão cobertas de neve. Contudo, a neve venusiana é composta principalmente de metais pesados. Como você poderia esperar de um planeta com uma atmosfera tão alienígena, a neve que cobre as montanhas de Vênus é exótica.Montanhas-de-Vênus

Com as altas temperaturas na superfície do planeta, o gelo de água é impossível existir (não que haja muita água em Vênus). Assim, a neve é formada por sulfeto de chumbo e sulfeto de bismuto, mais comumente conhecidos como os minerais galena e bismutinite. Conseguimos os nossos primeiros vislumbres sob as corrosivas nuvens de Vênus no final do século passado. Envolta em espessas camadas de nuvens, a cerca de 50 quilômetros de profundidade, temos apenas duas maneiras de ver a superfície de Vênus – ou descer para a superfície com sondas ou usar um radar em órbita para ver através das nuvens.

A neve sobre a superfície de Vênus é provavelmente similar à geada. Nas planícies venusianas mais baixas, as temperaturas chegam a 480 °C  – quente o suficiente para que os minerais refletores da superfície do planeta sejam vaporizados, entrando na atmosfera como uma espécie de névoa metálica.

Em altitudes mais elevadas, essa névoa se condensa, formando uma brilhante geada metálica no topo das montanhas. O Monte Maxwell, o pico mais alto em Vênus, está em uma altitude de 11 km  – 3 km mais alto do que o Monte Everest, o pico da Terra.

Se a neve genuinamente recai sobre Vênus ainda não sabemos, mas é certamente possível.  A neve de metais pesados pode ser observada em qualquer lugar da superfície de Vênus acima de 2,6 km. Chuvas de ácido sulfúrico foram observadas abundantemente em Vênus como virga – uma chuva que evapora antes de atingir o solo, assim como sobre as florestas tropicais da Terra.

Mais de 96% da atmosfera venusiana é composta por dióxido de carbono, e nosso planeta irmão tem cerca de 100 vezes mais gás atmosférico que o nosso. Isto causa uma enorme pressão sobre a superfície de Vênus, o que causa um efeito muito estranho sobre o gás.Montanha-em-Vênus

Às pressões e temperaturas encontradas perto da superfície de Vênus, o dióxido de carbono torna-se um “fluido super crítico” – um estado anormal da matéria, um meio termo entre um líquido e um gás. Muitas vezes usado na Terra como um solvente industrial, este dióxido de carbono super crítico é esperado para ser encontrado em Vênus em altitudes inferiores a cerca de 2-3 km.

Seja como for, Vênus é um planeta exótico. Sua intensa atividade vulcânica o torna uma verdadeira estufa. Sua rotação retrógrada vai contra os demais planetas do sistema solar. Mas talvez em algumas centenas de anos, os picos das montanhas de Vênus possam até ser uma atração turística.

Acesse nosso Facebook – https://www.facebook.com/UniversoGenial?ref=hl

Acesse nosso Twitter – https://twitter.com/universo_genial

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s